quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Vontade

Vontade louca
Correr para rua
Beijar o mundo
Fazer careta
Dar cambalhota
Dizer “te amo”
Para uma pessoa
Xingar um cara
Filho da puta
Que eu não suporto
Tirar a roupa
Tirar a máscara
Vontade louca
De ser mais eu.

Mariana Ribeiro

9 comentários:

Alexandre disse...

Boa!

Eric disse...

Ela me fascina. Muito!

Giu Missel disse...

òtima.

Rogério disse...

eu tb quero xingar um cara filho da puta.

Alexandre Spinelli disse...

"Vontade louca de ser mais eu" é muito bom... e é tão difícil...
Gostei muito... parabéns!

O esconderijo do Pinico disse...

ahhhhhhhhhhhhhhhh

meu patrão é um filho da puta

pronto falei!

(:

sorte que ele é semi-analfabeto tbm

então não corro risco dele procurar um texto bom e se deparar com seu poema (:

me sinto mais eu (:

Wal Buso disse...

vontade é tudo
vontade de ser tudo que se quer !

Guiga disse...

Gente, a Mari ta com vonts de tirar a roupa, cuidado.

/ humor bobo sexta a noite a parte.

esse é o meu seu preferido Mari.
Intenso, cheio de desejo de mulher, simplicidade de menina, vontade de fera, entende?
Lindo.
E tem todo um toque feminino, que eu particulamente adooooooooro.

"A Moça que Sonha: A Louca." disse...

Bom.