quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Atravessado

Para mil e uma razões
Existem mil e uma noites
Todas afastadas
Todas alargadas
Por um tempo de açoites

Escorregando por sonhos,
Todos mesclados e indolentes
Todos tão carentes
Comendo as vigas
Dos homens descrentes

A vida desgastando-se em detalhes
-E quando se está atravessado
Fora do ritmo do êxtase
Trocando cada fase
É quando se encontra

Outro Lado...
Nós em um
Viajando por unanimidade

Correndo por uma cidade
Cheia de tetos e malicia,
Procurando o Mito da Verdade...

Augusto Loffredo

5 comentários:

Eric disse...

"Procurando o mito da verdade". Eu que o diga.

Gostei, cara.

Giu Missel disse...

mto bom

augusto disse...

Obrigado por postar Giu!
Você deu uma ajeitada na estrutura que fico ótimo!
Obrigado gente

Alexandre Spinelli disse...

Augusto, desculpe, mas o agradecimento aqui tem que ser pra ti... Muito bom, cara!

"A Moça que Sonha: A Louca." disse...

Excelente, eu adoro esse do Gusto.